Levantamento realizado pelo Sindicato mostra que, dos 23 deputados que votaram a favor da PEC 287, somente 5 estarão de volta ano que vem

Idealizada pelo Sindilegis para combater a reforma da Previdência, a campanha viral #SeVotarNãoVolta, que alcançou mais de 500 mil pessoas nas redes sociais desde dezembro do ano passado, surtiu efeito positivo nas Eleições 2018. Levantamento realizado pelo Sindilegis com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que, dos 23 deputados favoráveis ao parecer do relator na Comissão Especial à PEC 287/16, apenas 5 deles retornarão à Câmara em 2019.

 O levantamento do Sindilegis tem ligação com outra pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados. Esta última indica que, dos 513 deputados eleitos neste ano, 251 foram reeleitos, o equivalente a 48,9% do total. Com o índice baixo de reeleição, a Câmara terá renovação recorde no próximo ano.

Para o Vice-Presidente do Sindilegis, Paulo Martins, essa realidade é um reflexo da atuação organizada das entidades em defesa da previdência, mas é necessário manter vigilância constante. “Precisamos nos manter mobilizados e organizados porque a Reforma da Previdência certamente voltará ao centro dos debates no próximo Governo”, concluiu.

A diretora Parlamentar do Sindicato, Magda Helena, salienta que a campanha #SeVotarNãoVolta foi efetivada na mesma medida em que a Câmara dos Deputados foi renovada: “Nossa campanha foi intensa, continuada e conseguimos atingir todo o território nacional. Por todo o Brasil, influenciamos várias comunidades pequenas, assim como grandes cidades, com nossa luta pela garantia de nossos direitos”, explica.  

Voto Consciente

Paralelamente a essa luta, o Sindilegis incentivou, ao longo do ano, o voto consciente como instrumento fundamental para contribuir com o processo democrático brasileiro e garantir os direitos de todos os cidadãos no Parlamento e no Poder Executivo. 

Magda explica que a Campanha do Voto Consciente do Sindicato focou na importância de escolher homens e mulheres capazes de exercer com dignidade e moral o seu mandato político. “Todas essas ações influenciaram na renovação do Congresso Nacional”. 



Tags: se votar não volta; sindilegis; atuação; reforma da previdência



Ver todas as notícias