Sindilegis e parceiros estão trabalhando para que a PEC 287/16 seja retirada da pauta da Câmara

Em mais uma audiência pública interativa da CPI da Previdência no Senado, representantes de centrais sindicais e confederações sugeriram, nesta segunda-feira (12), medidas sobre a arrecadação de recursos e concordaram que a reforma, em análise na Câmara dos Deputados, deve ser suspensa. 

O Sindilegis também tem atuado junto aos parlamentares para que a reforma seja barrada. “Já intensificamos nossa atuação corpo a corpo com os deputados e estamos mostrando a eles as incoerências dessa proposta”, afirmou o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão.

Para o vice-presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros, Flávio Werneck Meneguelli, o governo precisa indicar para onde foram os valores superavitários arrecadados nos últimos 15 anos e mostrar qual é o impacto dos seguidos parcelamentos de débitos tributários (Refis) no pagamento e saneamento das dívidas com a Previdência.

Contabilidade

O secretário nacional de assuntos jurídicos da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Aleir Ertle, disse que a Previdência Social é superavitária, se consideradas as contribuições sociais que o governo não inclui na conta. Para ele, não se trata de um problema contábil, mas sim de um problema político e social, com a imposição de reformas de interesse da elite e dos rentistas.

Para o representante do Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora (Intersindical), Antônio Carlos Cordeiro, várias entidades já mostraram dados que comprovam a falácia do déficit da Previdência. Na visão dele, existe um processo de sonegação brutal que envolve bilhões de reais. Cordeiro também sugeriu que a tramitação da reforma seja suspensa até que a CPI termine suas investigações.

Direitos Humanos

De acordo com Rosana Colen Moreno, representante da Nova Central Sindical dos Trabalhadores e da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil apontou que a reforma fere convenções relativas aos direitos humanos e ao trabalho e propôs que sejam feitas denúncias a organizações como o Alto Comissariado dos Direitos Humanos da ONU e o Comitê para os Direitos Econômicos, Sociais e Culturais.



Tags: CPI, previdência, investigação



Ver todas as notícias